Deixe um comentário

[Crítica] Batman – O Cavaleiro das Trevas Ressurge

Acusado de matar Harvey Dent e abalado pela morte de Rachel, Bruce Wayne (Christian Bale) se reclusa em sua mansão abandonando a cidade de Gotham City. Porém Wayne terá que brigar com sua depressão para trazer o Batman de volta, pois Gotham está se acabando aos poucos com o terrorista Bane (Tom Hardy) que está com grandes planos destrutivos para a cidade.

Sim, achei melhor que anterior, mas não, não é o melhor filme de heróis já feito. Meus problemas com os “Batman” de Christopher Nolan é cada um dos filmes tem um defeito que prejudica tudo que eles poderiam ter sido e não foram. Mas da trilogia, esse é o filme que mais me agradou por diversos motivos. O primeiro deles é que é o último. Foi muito inteligente da parte do diretor saber quando parar e como parar, tendo em vista que esse seria o último em que se envolveria ele teve a liberdade e uma facilidade de aplicar ideias e projetá-las, encerrando sua contribuição no universo do herói de uma maneira bem sugestiva e completa.

A trilha sonora de Hans Zimmer e a fotografia de Wally Pfister são os responsáveis por compor grande parte do estilo “Nolan” de filmagem, e aqui eles salvam muitas das cenas. Um dos motivos pelo qual não sou fã de Batman – O Cavaleiro das Trevas (2008) é que ele tinha intenção e potencial para ser um filme mais comprido e melhor desenvolvido, mas parece ter sido muito retalhado durante sua edição final. Já Batman – O Cavaleiro das Trevas Ressurge não tem esse problema, ele se desenvolve sem pressa, o que na primeira meia hora não parece uma boa ideia, mas a partir de então, ele se torna mais grandioso a cada minuto. Batman é um personagem que merece destaque por ter uma das galerias de vilões mais famosas dentre os heróis de quadrinhos. Bane não tem a complexidade psicológica de Coringa, mas quanto à violência ele não deixa a desejar e Mulher-Gato é a ladra ágil que deixa o herói muitas vezes em perigo, e isso tudo está presente nessa adaptação.

Outro ponto que me fez simpatizar ainda mais com esse filme foi o fato de ele ter assumido mais a cara de “filme de herói” e não de “filme de arte” como se dizia falam do segundo. Há alguns clichês e até tiradas engraçadas, tudo em prol da diversão e do bom entretenimento como um filme de herói deve ser, o que não o deixa menos maduro e até mesmo “adulto” como uns falam. Sobre o elenco, destaque para a incrível Mulher-Gato de Anne Hathaway, no mais, todos estão igualmente competentes.

Problemas com o filme estão em alguns momentos bem distintos. O primeiro dele é todo o início do filme, a sequência inicial é ótima, mas até o filme chegar a seu desenvolvimento ele passa por uma introdução lenta no melhor estilo noir. O segundo é nos excesso de explicações lógicas e flashbacks que não combinam com o conjunto do filme. O terceiro é que a voz do personagem Bane, mixada para que fosse mais bem ouvida e compreendida, algumas vezes sai mais alta que qualquer outro som da cena. E quarto é a penúltima cena que, se evitada, deixaria o final do filme ainda mais emocionante. Fora que é perceptível uma autoinfluência de Christopher Nolan em relação a algumas impressões de cena, algumas vezes parecendo reaproveitamento, de A Origem.

Não é o filme mais fiel aos quadrinhos e nem teve essa intenção, mas Batman – O Cavaleiro das Trevas Ressurge é o final mais digno possível para a trilogia. É possível ver influência de outros trabalhos cinematográficos e melhor, é possível ver que o personagem Batman pode ser explorado de diversas outras perspectivas e pontos de vistas sem sempre manter o tom melancólico e fúnebre.

                                                                                                    POR ÁVILA SOUZA

Anúncios

Sobre Ávila Souza

Cinéfilo Diletante; Leitor de HQ; Desentendido de Música; Assíduo 'seriador'...

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: